Custódio Santos Arquitetura

Rua Eduardo Salgado, 412

Fortaleza, CE | Brasil

© 2017 por Marina Pires

Telefone fixo: +55 (85) 3264-7677

Telefone celular: +55 (85) 99706-1700

contato@custodiosantosarquitetura.com.br

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
Please reload

Posts Recentes

A Declaração de Imposto de Renda e Financiamento.

02/15/2018

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

Saiba qual é a Piscina ideal para sua Casa!

15 Feb 2018

Agregar uma piscina ao seu jardim garante momentos de relaxamento e diversão, além de valorizar seu imóvel. Mas para esses momentos felizes não serem interrompidos por dores de cabeça é preciso tomar alguns cuidados. Prefira construir em períodos secos para evitar atrasos na obra, preferencialmente no inverno para você aproveitar o verão inaugurando a piscina nova.

 

Para evitar problemas futuros como infiltrações, vazamentos e até curtos-circuitos, o acompanhamento de um arquiteto é fundamental. Veja a seguir dicas para construir e manter sua piscina  em perfeito estado.

 

 Fonte: Pexels

 

 

Evitando tomar banho gelado: Qual o melhor lugar para a sua piscina? 

A temperatura de água é fundamental para que o banho na sua piscina seja do jeito que você imaginou. Acredite, o local onde você a instala é um dos grandes pontos para determinar se você vai sofrer com banhos frios ou pode fazer aquele churrasco com os amigos para aproveita a piscina.

E nada de economizar no conforto: um sistema de aquecimento garante a diversão na água até nos dias em que o sol não aparece.

 

O vento também interfere na sensação térmica, faz com que a temperatura seja menor do que realmente é. Portanto mantenha sua piscina protegida. Muro ou cercas ajudam a evitar o vento excessivo e também garantem mais segurança e privacidade.

 

Evite sombras de árvores e da própria casa. Estas sombras são bem-vindas nas proximidades, mas não em cima da água. Além disso, suas raízes podem comprometer a estrutura do tanque.

 

 
Qual é a piscina ideal?

Para escolher a piscina, você tem que decidir não só, o tamanho ou a profundidade, você também tem escolher o material que ela vai ser feita, o revestimento e com as diferentes opções existentes no mercado hoje, também escolher o Deck que vai acompanhar sua piscina. Então listamos o que você precisa saber para você fazer a melhor escolha.

 

Tamanho e Forma

O formato e as dimensões da sua piscina dependem da área disponível  e o material escolhido.  Para definir a profundidade, esse critério varia conforme o uso. É muito comum a combinação de diferentes profundidades na mesma piscina:

  • PARA PULAR: 180 cm. Para saltar deve ter 180 cm ou mais;

  • CONVENCIONAL: 150 cm. A mais tradicional, quando a água fica no pescoço;

  • CONFORTÁVEL: 120 cm. Sugestão para seu maior conforto;

  • INFANTIL: 90 cm. É a profundidade tradicional para crianças;

  • PRAIA: 50 cm. Ideal para sentar;

  • LAVA-PÉS: 30 cm. Para, também, colocar espreguiçadeiras.

Os materiais mais usados ainda são de fibra e alvenaria (azulejo), no entanto, se tratando de modelos e efeitos, o mercado dispõe de muitas novidades. Tem piscinas com aquecimento solar e elétrico, iluminação (led), água salgada, ondas, borda infinita, cascatas, recursos que tornam o banho de piscina ainda mais prazeroso.

 

Os modelos também estão bem mais bonitos e diferenciados dos antigos e aliados aos novos materiais próprios para esta área (para não correr o risco de acidentes), confere um espaço de lazer maravilhoso, moderno e sofisticado! O que valoriza ainda mais o imóvel. O paisagismo é outro recurso que está sendo cada vez mais utilizado, assim como a iluminação e o Deck.

 
Os Diferentes Materiais

Piscinas podem ser feitas de diversos materiais e cada um traz vantagens e desvantagens. Os mais usados são fibra de vidro, que já são pré-fabricadas, (aquelas que você já compra pronta para instalar), alvenaria e concreto armado:

 

 

A estrutura

A vantagem de se construir a piscina é que você tem mais liberdade de escolher a melhor opção de material, revestimento, tamanho, formato e profundidade. Contudo, as paredes de concreto ou de alvenaria, não são completamente impermeáveis e uma impermeabilização adequada é extremamente importante. Os materiais mais utilizados são a manta asfáltica e a argamassa polimérica.

 

Fibra de Vidro

  •  Instalação rápida: por volta de uma semana;

  • Baixo custo: é a opção mais barata;

  • Baixa manutenção: a superfície lisa inibe o crescimento de algas;

  • Conserto rápido: quando apresentar pequena fissura ou trinca.

  • Durabilidade limitada: aproximadamente 10 anos.

  • Formas e tamanhos limitados;

  • Desbota com o tempo. A solução é lixar e repintar;

  • Transporte pode ser complicado;

 

Fonte: fibrarp

 

 

 

 

Alvenaria Estrutural 

É um tipo de piscina sólida, porém menos resistente que a de concreto armado, sua construção é ideal para terrenos firmes. A estrutura é reforçada por cintas de amarração e pequenos pilares.

 

  • Formas e dimensões ilimitados;

  • Possibilidade de colocar qualquer revestimento;

  • Boa durabilidade: aproximadamente 20 anos;

  • Instalação: de 45 a 60 dias;

 

 

Fonte: hausconstrucoes.blogspot.com.br

 

 

 

 
Concreto Armado

Possibilita piscinas suspensas, em terraços, declives ou sobre aterros e pode ser construída em qualquer tipo de solo, inclusive arenosos. É o material que oferece maior resistência.

  • Formas e dimensões ilimitados;

  • Possibilidade de colocar qualquer revestimento;

  • A mais resistente;

  • Alta durabilidade: aproximadamente 30 anos;

  • Custo: é a opção mais cara;

  • Instalação: de 45 a 60 dias;

 

 Fonte: bluehawaiianpoolsofmichigan.com

 

Os Revestimentos

As piscinas de alvenaria ou concreto permitem o uso de diversos acabamentos. Tinta epóxi, pedras naturais, vinil, azulejos e pastilhas são algumas possibilidades. Os três últimos são mais comuns já que as pedras naturais são mais caras e a tinta epóxi, apesar de mais barata, exige renovação a cada dois anos. Os acabamentos a seguir duram em torno de 10 a 15 anos dependendo da qualidade do material, execução e manutenção.

 

Vinil

É uma alternativa mais barata perdendo somente para a tinta epóxi. A tecnologia do vinil reduz a possibilidade de vazamentos e infiltrações.

 

  • Baixo custo;

  • Instalação rápida; feita apenas em um dia

  • Baixa manutenção: a superfície lisa inibe o crescimento de algas;

  • Desbota com o tempo;

  • Opção limitada de cores e estampas;

 

 

Azulejo e Pastilha

Essa categoria de revestimento é aplicada com argamassa impermeabilizante. Oferece durabilidade e muitas opções de tamanhos, cores e preços. Podem ser: azulejo, pastilhas cerâmicas e de vidro.

O azulejo é tradicional, mais durável e geralmente mais barato. As pastilhas de vidro são mais elegantes e também mais caras. A pastilha cerâmica é meio termo, mais barata que a de vidro e mais elegante que os azulejos. Vale lembrar que quanto menor o tamanho, maiores as chances de descolar. Por isso a mão de obra deve ser de qualidade.

 

  • Durável;

  • Muitas opções de cores e tamanhos;

  • Custo elevado;

  • Instalação demorada;

 

O Deck

O entorno da piscina é tão importante quanto à própria piscina, mas muitas vezes não recebe a devida  atenção, uma escolha errada  ou falta de cuidado na escolha  e instalação podem causar acidentes e  aumenta o custo de manutenção . Os pisos podem ser de vários materiais, como pedras naturais, cerâmicos. cimentícios e também madeira, o importante é que  o acabamento dos matérias seja antitérmico e antiderrapante, para  que não corra os problemas citados anteriormente.

 

E os entornos das piscinas podem fazer um combo incrível com o deck de sua escolha assim formando a área de lazer perfeita para sua famíliaDecks são uma solução extremamente valorizada para dar mais vida a um ambiente e trazer a ele elementos da natureza. Podem ser compostos de porcelanato, piso cimentício e plástico, mas o material original é a madeira que cria um ambiente de conforto e aconchego– e fazem um contraste agradável com áreas com azulejos, pisos de porcelanato. Assim sendo o perfeito complemento para a sua piscina.

 

 

Manutenção

Para manter sua piscina limpa e saudável é importante fazer manutenções periódicas durante o ano todo. Sem manutenção as algas que se proliferam encardindo o revestimento e manchando a fibra. Para evitar isso há dois tipos de tratamentos: físicos e químicos.

 

Lembrando que a presença de árvores próximas à piscina aumenta consideravelmente o trabalho de manutenção. Prefira localizá-la numa área afastada de árvores de grande porte ou com espécies caducas ou frutíferas.

Compartilhar
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook